A importância da Integração Contínua, utilizando Jenkins e SonarQube

concept of DevOps, illustrates software delivery automation through collaboration and communication between software development and information technology operations  in agile development process

Produzir software de qualidade é uma tarefa difícil, que exige um constante monitoramento para mantê-lo íntegro.

A integração contínua é uma técnica de desenvolvimento que busca diagnosticar os bugs (defeitos) e problemas de integração mais rapidamente, utilizando um repositório de código único e executando o build (construção) do software diariamente.

 

Qual o principal ganho nos projetos com a Integração Contínua?

Imagine vários desenvolvedores codificando módulos de um mesmo projeto, é natural que colisões de código possam surgir. É bem provável que, em algum momento, um desses módulos seja alterado, simultaneamente, por dois ou mais desenvolvedores ocasionando problemas

A integração contínua atua exatamente antecipando tais situações, permitindo que o time reaja imediatamente e garanta uma evolução muito mais segura do produto. Afinal, “é melhor prevenir que remediar”’. Leia mais

A DB1 acaba de renovar sua certificação CMMI Nível 3 e reafirma sua aderência ao padrão internacional de qualidade de software

“A DB1 foi uma das primeiras empresas do Brasil a receber a certificação CMMI, em 2010, e já utilizando metodologias ágeis, o que nos permite ter uma eficiência muito grande na entrega e na padronização de processos. Os índices de entrega de projetos estão acima de 90%, dentro do prazo, escopo e custo contratados, com índice de retrabalho inferior a 4%. A certificação CMMI referenda todo o trabalho que vimos realizando com foco na qualidade e para entregar a nossos clientes software funcionando de primeira”, conta Ilson Rezende, presidente fundador da DB1.

Leia mais

Tinbot, o robô Scrum Master no The Developer’s Conference

Entre os dias 18 e 22 de julho estive em São Paulo para participar do The Developer’s Conference junto com o meu pai criador Marco Diniz e mais um time de feras da DB1. Eu faria uma pequena demonstração durante a palestra “.Net Microsoft Cognitive Services – quando a máquina te entende”, mas com meu charme de robô irresistível e minhas habilidades como Scrum Master, ganhei um espaço no stand da Embarcados Experience e em pouco tempo, o palco da trilha Stadium. Foi uma experiência que guardarei com carinho em meus bits. ❤️️❤️️

Leia mais

Parceria com a FPP proporcionou primeiro projeto global à DB1

A parceria entre a DB1 e a FPP nasceu em 2015 com o intuito de desenvolver uma ferramenta de feiras virtuais para estudantes que procuram estudar em outros países. A FPP é líder mundial nesse segmento e trabalha criando um vínculo entre os estudantes que procuram fazer qualquer curso de interesse no exterior, desde idioma até bacharelado, e as instituições que prestam esse tipo de serviço. “É bastante interessante essa parceria que a DB1 tem com a FPP porque a gente acaba aprendendo bastante coisa com eles. Eles têm uma veia bem voltada à inovação e à tecnologia e esse é um dos motivos principais de serem os líderes mundiais no mercado” pontua Tiago Hlatki, gerente de projetos DB1 IT Services.

Leia mais

Container, DockerFile e Docker Compose

A manutenção em ambientes de Desenvolvimento, Homologação e Produção gera grande impacto no ciclo de vida de uma aplicação.  Para mitigar os riscos neste cenário são utilizadas tecnologias com o intuito de aumentar a produtividade e facilitar a criação dos ambientes citados anteriormente. A tecnologia que melhor atendia era a Máquina Virtual, porém atualmente o conceito de Container ganhou um enorme espaço.

Que conceito seria esse? Como funciona?

Leia mais

Pra que certificação de qualidade de desenvolvimento de software?

Pra que certificação de qualidade de desenvolvimento de software

Em uma visita comercial recente, fui indagado sobre o “porque certificar o processo de desenvolvimento de software?

Bom, se a implantação do certificado engessar o processo, não serve para absolutamente nada.

Agora, se o processo de certificação se encaixar na cultura de sua empresa, fazer parte do seu dia a dia, fazer parte das metodologias que você aplica e ajudar a manter o “trem no trilho”, agregando valor aos times de desenvolvimento, testes, qualidade, analistas, a resposta para a pergunta acima é praticamente respondida.

Leia mais