12/04/2018 Narayane Teixeira

Como tirar a certificação CTAL-TA, por Narayane Teixeira

Em 2016, eu adquiri a certificação CTFL, e foi um divisor de águas na minha carreira. Ela me proporcionou novos conhecimentos na área de testes, e permitiu melhorar minha forma de trabalho: desde usar as terminologias corretas, até aplicar novas técnicas de teste no projeto em que trabalho.

E buscando ainda mais conhecimento nesta área, resolvi iniciar o estudos para as provas de nível avançado (CTAL) do BSTQB.

O que é CTAL?

A CTAL é a sigla para Certified Tester Advanced Level. Trata-se de um conjunto de certificações de nível avançado, voltado para pessoas que possuam experiência em teste de software. A CTAL contempla as seguintes certificações:

CTAL–TA: Test Analyst

CTAL–TM: Test Manager

CTAL–TTA: Technical Test Analyst

Quem pode se certificar?

As certificações CTAL são destinadas para testadores, analistas de testes, engenheiros de testes, consultores de teste, gerentes de teste e desenvolvedores de software.

Para participar de um exame do nível avançado, é necessário possuir a certificação CTFL e comprovar sua experiência em atividades exercidas (período integral) em pelo menos um dos itens abaixo:

  • 2 anos de experiência prática em Teste de Software ou Qualidade em TI.
  • 2 anos dedicados à Pesquisa Acadêmica relacionadas à Qualidade de TI no nível de Pós Graduação, ou como instrutor de cursos ou disciplinas relacionadas à Qualidade de TI.
  • 3 anos de experiência prática em Desenvolvimento de Sistemas, Análise de Sistemas ou Engenharia de Software.

Mas afinal, o que é a CTAL-TA?

A CTAL-TA é uma certificação mais voltada para Analistas de Testes e visa mostrar como um analista pode trabalhar dentro de um projeto de desenvolvimento de software, indicando quais atividades podem ser executadas em cada fase do projeto, qual é o envolvimento deste profissional em cada etapa e como ele pode melhorar a qualidade do software à cada processo. Ensina também novas técnicas de teste, novas métricas e as responsabilidades de um profissional certificado CTAL-TA.

Como estudei para esta prova

Como a prova é de nível avançado, ela irá contemplar todo o conteúdo abordado na prova da CTFL, por isso iniciei os estudos revisando todo o conteúdo da CTFL.

Após feita essa revisão, utilizei o Syllabus – material oficial da prova –  juntamente com o curso Preparatório CTAL-TA da Iterasys. Segui o seguinte formato: lia um capítulo do Syllabus, assitia o vídeo correspondente e anotava possíveis considerações em um resumo.

O curso da Iterasys possui simulados com as correções, que colaboram muito com os estudos, pois além de rever todo o conteúdo da prova, ele ainda mostra as possíveis pegadinhas que caem na prova. Para quem já fez CTFL sabe o quão é importante estar atento às perguntas para não cair numa cilada!

Um item que sempre costumo revisar é o glossário de termos, eles ajudam as reforçar as terminologias de testes, o que facilita muito na hora de resolver as questões.

Sobre a prova para a certificação CTAL-TA

A prova é composta por 60 questões de múltipla escolha e deve ser realizada num período de 3 horas. Achei a prova bastante complexa, possui muitas questões onde é necessário desenhar o cenário de testes para chegar na resposta e pela quantidade de conteúdo que é necessário conhecer.

Conclusão

Cada certificação tem seu valor, e eu posso dizer que tanto a CTFL quando a CTAL acrescentaram muito para minha vida profissional. Agradeço a DB1 Global Software pela oportunidade, já que ganhei ambas da empresa.

Recomendo que todos que atuam como testers se dediquem para as certificações da área. Faz muita diferença! Eu mesma já estou estudando para a CTAL-TM e espero poder dividir mais essa experiência em breve.

E você? Possui a CTAL-TA também? Comente o que você achou dessa certificação!

 

Comentários

comentários

Sobre o autor

Narayane Teixeira Narayane Luvizutto Teixeira atua com Analista de Testes na DB1 há 3 anos. É formada em Tecnologia em Sistemas para Internet pela Unicesumar, possui as certificações CTFL e CTAL-TA.