18/04/2018 Comunicação DB1

Resiliência: é possível desenvolvê-la?

No texto anterior desta série foi apresentado o que é resiliência! Retomando, resiliência é a capacidade que nós temos de lidar bem com as adversidades, tirar proveito delas e não adoecer. Com essa definição concluímos que ser resiliente é uma habilidade importante para que possamos viver melhor. Pensando assim é provável que venha o questionamento: é possível desenvolver resiliência?

Habilidades para desenvolver resiliência

Para ser resiliente é preciso desenvolver uma série de habilidades emocionais e sociais como:

  • Autoconhecimento;
  • Identificação de respostas corporais;
  • Identificação de emoções em si e nos outros;
  • Capacidade de relaxar;
  • Identificação de pensamentos ruins;
  • Resolução de problemas e conflitos de maneira positiva;
  • Comunicação assertiva;
  • Autoestima;
  • Autoconfiança;
  • Atenção positiva;
  • Gratidão, etc.

Muitas dessas habilidades serão apresentadas nos próximos textos. Para desenvolver todas essas habilidades e chegarmos até a resiliência existe uma variedade de técnicas e procedimentos terapêuticos. Nesse texto, trago um caminho e apresento brevemente um treinamento de resiliência, baseado em evidências científicas, chamado Método FRIENDS*. Mas existem outros. O importante é a essência do que está por traz da metodologia.

Nesse processo de amadurecimento pessoal, é importante que sejam trabalhados pontos para prevenir ansiedade e depressão e desenvolver habilidades para a vida, sociais, emocionais, resiliência e hábitos de vida saudável. As habilidades que são aprendidas durante o treinamento (usando o acrônimo AMIGOS):

A – Atenção aos Sentimentos;

M – Momento de Relaxar;

I – Ideias que ajudam;

G – Gerar Soluções;

O – Orgulhar-se de si e do seu trabalho;

S – Sorrir, ser corajoso e se acalmar.

E isso vale tanto para crianças quanto para adultos. Desde cedo podemos trabalhar para prevenir ansiedade e depressão e desenvolver habilidades sociais, emocionais e de resiliência. Abaixo, trago também o que é apresentado no Programa VIDA do Friends, que é destinado para adultos e ensina habilidades sociais, emocionais e de resiliência (seguindo o Acrônimo VIDA):

V- Viva com atenção plena e consciente;

I- Identifique pensamentos que ajudam;

D- Dedique-se e sinta-se uma pessoa resiliente;

A- Aprecie um estilo de vida saudável.

Além de todos esses pontos, é importante estar sempre com o “radar ligado” na atenção positiva e a gratidão. Por fim, é importante reafirmar que o desenvolvimento de habilidades socioemocionais fortalece a resiliência: essa é a principal ferramenta do cotidiano de jovens e adultos para lidar com desafios, persistir em metas e se relacionar afetiva e profissionalmente de forma positiva. Devemos ser fortes, mas não rígidos! E sim, é possível desenvolver resiliência em crianças, adolescentes e adultos! No próximo textos falaremos sobre autoconhecimento e identificação de emoções.

 

* O Método FRIENDS é um programa australiano. Esse treinamento é testado e comprovado há mais de 30 anos e existe em 27 países, um deles o Brasil. O nome FRIENDS é utilizado para seguir no acrônimo AMIGOS. O programa foi desenvolvido para atender 4 faixas etárias, Meus Amigos Divertidos (4-7 anos), Amigos para a Vida (8-11 anos), Meus Amigos Jovens (12-17 anos) e Forte, não rígido – programa VIDA (jovens adultos e adultos).

Comentários

comentários

Sobre o autor

Comunicação DB1 A DB1 Global Software, multinacional de tecnologia sediada em Maringá – PR, atua há 17 anos no mercado de tecnologia da informação, com softwares e serviços de desenvolvimento para empresas de médio e grande porte. A DB1 é a única empresa de tecnologia do Brasil com certificação MPS.BR nível A, possui certificação internacional CMMI-DEV nível 3 e figura há sete anos consecutivos entre as melhores empresas para se trabalhar pela GPTW (Great Place to Work). Com o lema “Seu Futuro é o nosso compromisso”, a DB1 se compromete com entregas de impacto e com qualidade para transformar o futuro de empresas e pessoas.