Trilha da resiliência
Carreira

A trilha da resiliência: em qual parte do destino nós estamos?

Trilha da resiliência
Comunicação DB1
25 de março de 2019
Trilha da resiliência

No primeiro texto que escrevi para o blog da DB1 eu falei sobre resiliência! O termo resiliência tem sido muito propagado por aí, mas muitas pessoas não sabem a importância dessa habilidade para nossas vidas. Resiliência é a capacidade que cada um de nós pode adquirir de lidar com os desafios, dificuldades e problemas da vida sem adoecer e sem deixar que esses desafios atrapalhem nossa vida pessoal e profissional. 

Essa habilidade é um fator de alta proteção contra transtornos emocionais como a ansiedade e a depressão. Talvez, ao ler esse parágrafo vocês tenham pensado “Como assim adquirir resiliência?”. Pois bem, essa habilidade não é inata, ou seja, não nascemos com ela. A resiliência é construída e pode ser desenvolvida em qualquer momento da vida por meio de psicoterapia e/ou treinamentos específicos. 

O caminho da resiliência

A resiliência é o conjunto de várias habilidades emocionais e sociais como identificação de sentimentos e si e nos outros, comunicação assertiva, empatia, gratidão, resolução de problemas, etc. 

No primeiro lightning talk da trilha da resiliência nós discutimos sobre a expressão de sentimentos e como podemos identificar os sinais que o corpo dá de que não estamos bem ou que estamos prestes a ter uma crise. Foi a atividade do Tinbot das emoções. Identificar o que nós sentimentos e a intensidades das nossas emoções foi o nosso primeiro destino. Percebam se vocês já conseguem identificar emoções positivas e negativas em vocês e nos outros. 

O próximo destino foi identificar pensamentos que ajudam, que não ajudam e perceber o quanto os pensamentos ruins atrapalham as nossas vidas. Vocês foram convidados a desafiar os pensamentos que não ajudam e transformá-los em pensamentos que ajudam. Vocês têm consigo identificar pensamentos ruins e desafiá-los? 

Nosso terceiro destino foi o da comunicação assertiva. Nós discutimos sobre os estilos passivos, agressivos e assertivos e quais as consequências de cada estilo para nossa qualidade de vida. Para os que participaram da atividade fica a pergunta: vocês conseguiram identificar o estilo de vocês? E das pessoas que trabalham com vocês? Vocês conseguiram mudar de estilo e serem mais assertivos? 

A gratidão é diária e indispensável

Ainda teremos mais destinos até terminarmos nossa trilha, mas há uma habilidade que está presente em todos os destinos e deve estar presente em nosso dia a dia. Vocês sabem qual é essa habilidade? É a habilidade de ser grato! Vocês lembram de todos os benefícios de praticar gratidão? 

  • Melhora a saúde física e emocional; 
  • Promove bem-estar e felicidade; 
  • Ajuda a valorizar relacionamentos interpessoais; 
  • Melhora sua autoestima; 
  • Protege de problemas emocionais graves. 

Então, pratique gratidão! Agradeça pela sua família, pelo seu trabalho, por suas habilidades e oportunidades! Seja grato e seja mais feliz! 

 

Jaqueline C. Bordin 

Psicóloga Clínica e facilitadora do Método Friends. 

 


Escrito por

Comunicação DB1

Inscreva-se e receba nossa newsletter!

Estamos sempre gerando conteúdos inéditos para compartilhar conhecimento com você, além das últimas notícias de tecnologia.