A trilha da resiliência: em qual parte do destino nós estamos?

No primeiro texto que escrevi para o blog da DB1 eu falei sobre resiliência! O termo resiliência tem sido muito propagado por aí, mas muitas pessoas não sabem a importância dessa habilidade para nossas vidas. Resiliência é a capacidade que cada um de nós pode adquirir de lidar com os desafios, dificuldades e problemas da vida sem adoecer e sem deixar que esses desafios atrapalhem nossa vida pessoal e profissional. 

Essa habilidade é um fator de alta proteção contra transtornos emocionais como a ansiedade e a depressão. Talvez, ao ler esse parágrafo vocês tenham pensado “Como assim adquirir resiliência?”. Pois bem, essa habilidade não é inata, ou seja, não nascemos com ela. A resiliência é construída e pode ser desenvolvida em qualquer momento da vida por meio de psicoterapia e/ou treinamentos específicos.  Leia mais

Mestre dos Códigos: aprendizado técnico gamificado

O Mestre dos Códigos é um sistema de incentivo à capacitação de nossos mais de 120 desenvolvedores aqui na DB1 Global Software,  baseado em práticas de gamificação. A inspiração veio de escoteiros, que usam distintivos de acordo com as especialidades adquiridas como exemplo e fonte de inspiração.

Lançado em maio de 2017, o Mestre dos Códigos oferece um conjunto de atividades práticas em desenvolvimento de software que atestam os níveis de conhecimento de nossos colaboradores nas linguagens .Net, Arquitetura de Software, Java, JavaScript, PHP, SQL e Delphi, chamados Territórios.

Como funciona o Mestre dos Códigos

O desenvolvedor participante deve realizar 15 atividades para cada território. Cada atividade é enviada para aprovação do Comitê Técnico, comporto por colaboradores da DB1.

A primeira tarefa concluída com sucesso dá direito ao cordão de crachá do jogo, que diferencia o colaborador dentro da empresa.

A partir daí o participante conquista um novo nível a cada 5 (cinco) atividades completadas e aprovadas para receber as insígnias de Escudeiro (ao realizar 5 atividades), de Cavaleiro (ao realizar 10 atividades) ou de Mestre (completando as 15 atividades).

Objetivos da gamificação

“O modelo de gamificação estimula até mesmo quem não está mais em uma área técnica. Mais do que ter o reconhecimento, o legal do projeto é servir de referência para os mais novos, que podem facilmente identificar quem na empresa é referência em determinado assunto”, afirma Cassio Serea, diretor de Shared Services e CFO, que já recebeu o cordão por ter concluído sua primeira tarefa.

Após um ano de funcionamento, o Mestre dos Códigos recebeu mais de 70 inscrições. Colaboradores de outras áreas também são livres para participar e demonstram grande interesse em aprender mais sobre desenvolvimento de software.

Definidos os Campeões da ‘Copa dos Agasalhos’: mais de 4 mil peças foram arrecadadas

Com temperaturas na casa dos 16 graus em Maringá, no Paraná, nada melhor (e necessário) que ajudar a quem precisa. Por meio da campanha do agasalho com o tema da Copa, que teve início em 15 de março, meses antes do frio chegar, a DB1 Global Software, multinacional de tecnologia sediada em Maringá, bateu todos os recordes de arrecadação por meio de uma disputa saudável entre times formados por colaboradores da empresa.

A “Copa dos Agasalhos” reuniu muito da missão da DB1: desenvolver as melhores soluções em TI, criar e evoluir as práticas de gestão da organização no aspecto socioambiental, envolvendo e engajando os colaboradores, incentivando a competitividade e, claro, atendendo a sociedade organizada em parte de suas necessidades. Leia mais

Resiliência: é possível desenvolvê-la?

No texto anterior desta série foi apresentado o que é resiliência! Retomando, resiliência é a capacidade que nós temos de lidar bem com as adversidades, tirar proveito delas e não adoecer. Com essa definição concluímos que ser resiliente é uma habilidade importante para que possamos viver melhor. Pensando assim é provável que venha o questionamento: é possível desenvolver resiliência?

Habilidades para desenvolver resiliência

Para ser resiliente é preciso desenvolver uma série de habilidades emocionais e sociais como: Leia mais

O que dizem os formados no DB1 Start

O DB1 Start é um curso gratuito que busca trazer a experiência de fazer um projeto completo de software, através das boas práticas de mercado.

Dentre as 31 pessoas que se formaram no DB1 Start em 2017, Fernanda Peron e Leonardo Franco compartilharam com a gente como foi a experiência de passar pelo curso e, hoje, fazerem parte do time da DB1 Global Software.

São histórias como essas que confirmam o sentido daquilo que fazemos. Confira os depoimentos: Leia mais

O que a Campus Party me ensinou

A Campus Party é um evento de 5 dias, 24h/dia, 12.000 campuseiros, 900 horas de conteúdos entre palestras e workshops divididos entre  870 palestrantes e ainda 40GB de internet. São conteúdos variados de ciência, tecnologia, empreendedorismo e negócios digitais.

Aqui, darei dicas para aproveitar a Campus Party, com base nas minhas experiências com o evento. Já participei da Campus Party como visitante e como empreendedor, então trarei as duas visões para o artigo. Espero que goste!

Como ir na Campus Party pela primeira vez

Em relação a primeira viagem, é importante planejar e consultar os guias disponibilizados. A dica fundamental que dou, e levei 4 edições para aprender, é se conectar com as caravanas e comunidades! Essa é a dica de ouro.

Apesar de ser uma aventura, e de certa forma é interessante explorar essa aventura da Campus sozinho, conhecer e ir ao evento fazendo parte de uma Caravana ou Comunidade faz muita diferença e melhora muito seu aproveitamento do evento. Eu poderia falar dezenas de vantagens e diferenças, porém vou elencar algumas das principais na minha visão: Leia mais

Resiliência: maestria em retornar à forma original

Esse texto é o primeiro de uma série de textos que discutirão resiliência e quais as ferramentas utilizadas para atingir essa habilidade e, então, aprendermos a ser mais felizes e resolver problemas de maneira positiva.

Imagine-se vivendo uma situação muito difícil para você: pode ser uma mudança radical de vida, pode ser uma doença, morte na família, separação conjugal, problemas familiares ou um clima pesado e estressante no trabalho. Você pode refletir especificamente sobre um problema que você está enfrentando hoje! É provável que seja fácil voltar o pensamento para essa situação, afinal, é algo que está sendo vivenciado e provavelmente te gera sofrimento. Algumas vezes esses problemas são fáceis e rápidos de resolver, outras vezes são difíceis e exigem tempo e paciência para serem resolvidos. Fáceis ou difíceis de serem resolvidos, problemas geram sofrimento!

Depois de ter imaginado uma situação difícil ou lembrado do seu problema, tente imaginar que todos os dias você terá que resolver esse problema e que ele se torna cada vez mais complicado e gera cada vez mais sofrimento. É possível viver bem, sofrendo diariamente para resolver problemas? Não, não é possível! Leia mais

Como montar uma palestra de sucesso em 5 passos

Uma palestra de sucesso é aquela que motiva o público e cumpre o objetivo, seja ele qual for. Você pode ter a intenção de evangelizar pessoas sobre uma nova ideia, repassar seu conhecimento, reforçar a importância de uma tecnologia, enfim, são muitas as possibilidades de uma boa palestra.

Porém, sabemos que montar uma palestra de sucesso pode ser um desafio. Afinal, qual a melhor maneira de prender a atenção do público? O que você pode fazer para chegar ao objetivo da sua palestra de uma maneira leve e marcante para quem assiste?

Para responder isso, convidamos Guilherme Motta!

Guilherme é Agile Coach, Gestor de Equipes de desenvolvimento de software e Coordenador de Tecnologia na Globo.com.

Complementando as dicas valiosas de Guilherme, temos também comentários com recomendações da equipe da DB1! Alguns de nossos colaboradores mais experientes como palestrantes deixam suas opiniões sobre como montar uma palestra.

Você aprenderá:

  • Como encontrar bons temas
  • Como montar sua apresentação de slides
  • Como iniciar uma palestra
  • Como falar bem em público
  • Como concluir sua palestra
  • BÔNUS: Palestras online, o que muda?
  • +5 lembretes importantes

Anote as dicas e prepare-se para palestrar como nunca! Leia mais

15 erros para evitar na sua palestra: antes, durante e depois.

Essa lista foi criada pelo evangelista da plataforma Java e open source, Bruno Souza (ou “JavaMan”).

Veja abaixo os principais erros de uma palestra, anote e evite quando chegar a sua vez de palestrar!

5 erros que cometem antes da palestra

1 – Não fazer auto promoção;
2- Não interagir nas redes;
3 – Não iniciar dialogo;
4 – Não preparar material (e achar que os slides são o material);
5 – Não perguntar.

5 erros que cometem durante a palestra

1 – Se achar o cara;
2 – Usar a palestra como fim;
3 – Colocar muita coisa;
4 – Não engajar;
5 – Não praticar.

5 erros que cometem depois da palestra

1 – Não saber que resultado esperar depois da palestra;
2 – Não entregar material;
3 – Não saber vender;
4 – Não fazer follow up;
5 – Não ter um CTA – Call to Action (ajudar as pessoas a tomar um próximo passo).

Motivado para praticar sua apresentação sem esses itens listados, mas ainda não tem uma ocasião?

Baixe o calendário dos Principais Eventos de Tecnologia em 2018. Você pode integrar suas datas favoritas à sua agenda pessoal, assim não perderá mais nenhum evento importante!

 

 

Leia mais

DB1 Global Software fecha 2017 com crescimento de 28% e faturamento de R$ 24 milhões

Ilson Rezende, CEO da DB1 Global Software

O ano de 2017 termina com motivos para a DB1 Global Software comemorar: nos resultados parciais até outubro, crescemos 28% em relação ao ano de 2016.

Crescemos também em número de colaboradores: um total de 25%, o que alavancou o número de projetos em 29%!

Esses números fazem parte da estratégia para 2032, com o objetivo de estarmos entre os 10 maiores grupos de TI do país. Leia mais