Resiliência: é possível desenvolvê-la?

No texto anterior desta série foi apresentado o que é resiliência! Retomando, resiliência é a capacidade que nós temos de lidar bem com as adversidades, tirar proveito delas e não adoecer. Com essa definição concluímos que ser resiliente é uma habilidade importante para que possamos viver melhor. Pensando assim é provável que venha o questionamento: é possível desenvolver resiliência?

Habilidades para desenvolver resiliência

Para ser resiliente é preciso desenvolver uma série de habilidades emocionais e sociais como: Leia mais

O que dizem os formados no DB1 Start

O DB1 Start é um curso gratuito que busca trazer a experiência de fazer um projeto completo de software, através das boas práticas de mercado.

Dentre as 31 pessoas que se formaram no DB1 Start em 2017, Fernanda Peron e Leonardo Franco compartilharam com a gente como foi a experiência de passar pelo curso e, hoje, fazerem parte do time da DB1 Global Software.

São histórias como essas que confirmam o sentido daquilo que fazemos. Confira os depoimentos: Leia mais

O que a Campus Party me ensinou

A Campus Party é um evento de 5 dias, 24h/dia, 12.000 campuseiros, 900 horas de conteúdos entre palestras e workshops divididos entre  870 palestrantes e ainda 40GB de internet. São conteúdos variados de ciência, tecnologia, empreendedorismo e negócios digitais.

Aqui, darei dicas para aproveitar a Campus Party, com base nas minhas experiências com o evento. Já participei da Campus Party como visitante e como empreendedor, então trarei as duas visões para o artigo. Espero que goste!

Como ir na Campus Party pela primeira vez

Em relação a primeira viagem, é importante planejar e consultar os guias disponibilizados. A dica fundamental que dou, e levei 4 edições para aprender, é se conectar com as caravanas e comunidades! Essa é a dica de ouro.

Apesar de ser uma aventura, e de certa forma é interessante explorar essa aventura da Campus sozinho, conhecer e ir ao evento fazendo parte de uma Caravana ou Comunidade faz muita diferença e melhora muito seu aproveitamento do evento. Eu poderia falar dezenas de vantagens e diferenças, porém vou elencar algumas das principais na minha visão: Leia mais

Resiliência: maestria em retornar à forma original

Esse texto é o primeiro de uma série de textos que discutirão resiliência e quais as ferramentas utilizadas para atingir essa habilidade e, então, aprendermos a ser mais felizes e resolver problemas de maneira positiva.

Imagine-se vivendo uma situação muito difícil para você: pode ser uma mudança radical de vida, pode ser uma doença, morte na família, separação conjugal, problemas familiares ou um clima pesado e estressante no trabalho. Você pode refletir especificamente sobre um problema que você está enfrentando hoje! É provável que seja fácil voltar o pensamento para essa situação, afinal, é algo que está sendo vivenciado e provavelmente te gera sofrimento. Algumas vezes esses problemas são fáceis e rápidos de resolver, outras vezes são difíceis e exigem tempo e paciência para serem resolvidos. Fáceis ou difíceis de serem resolvidos, problemas geram sofrimento!

Depois de ter imaginado uma situação difícil ou lembrado do seu problema, tente imaginar que todos os dias você terá que resolver esse problema e que ele se torna cada vez mais complicado e gera cada vez mais sofrimento. É possível viver bem, sofrendo diariamente para resolver problemas? Não, não é possível! Leia mais

Como montar uma palestra de sucesso em 5 passos

Uma palestra de sucesso é aquela que motiva o público e cumpre o objetivo, seja ele qual for. Você pode ter a intenção de evangelizar pessoas sobre uma nova ideia, repassar seu conhecimento, reforçar a importância de uma tecnologia, enfim, são muitas as possibilidades de uma boa palestra.

Porém, sabemos que montar uma palestra de sucesso pode ser um desafio. Afinal, qual a melhor maneira de prender a atenção do público? O que você pode fazer para chegar ao objetivo da sua palestra de uma maneira leve e marcante para quem assiste?

Para responder isso, convidamos Guilherme Motta!

Guilherme é Agile Coach, Gestor de Equipes de desenvolvimento de software e Coordenador de Tecnologia na Globo.com.

Complementando as dicas valiosas de Guilherme, temos também comentários com recomendações da equipe da DB1! Alguns de nossos colaboradores mais experientes como palestrantes deixam suas opiniões sobre como montar uma palestra.

Você aprenderá:

  • Como encontrar bons temas
  • Como montar sua apresentação de slides
  • Como iniciar uma palestra
  • Como falar bem em público
  • Como concluir sua palestra
  • BÔNUS: Palestras online, o que muda?
  • +5 lembretes importantes

Anote as dicas e prepare-se para palestrar como nunca! Leia mais

15 erros para evitar na sua palestra: antes, durante e depois.

Essa lista foi criada pelo evangelista da plataforma Java e open source, Bruno Souza (ou “JavaMan”).

Veja abaixo os principais erros de uma palestra, anote e evite quando chegar a sua vez de palestrar!

5 erros que cometem antes da palestra

1 – Não fazer auto promoção;
2- Não interagir nas redes;
3 – Não iniciar dialogo;
4 – Não preparar material (e achar que os slides são o material);
5 – Não perguntar.

5 erros que cometem durante a palestra

1 – Se achar o cara;
2 – Usar a palestra como fim;
3 – Colocar muita coisa;
4 – Não engajar;
5 – Não praticar.

5 erros que cometem depois da palestra

1 – Não saber que resultado esperar depois da palestra;
2 – Não entregar material;
3 – Não saber vender;
4 – Não fazer follow up;
5 – Não ter um CTA – Call to Action (ajudar as pessoas a tomar um próximo passo).

Motivado para praticar sua apresentação sem esses itens listados, mas ainda não tem uma ocasião?

Baixe o calendário dos Principais Eventos de Tecnologia em 2018. Você pode integrar suas datas favoritas à sua agenda pessoal, assim não perderá mais nenhum evento importante!

 

 

Leia mais

DB1 Global Software fecha 2017 com crescimento de 28% e faturamento de R$ 24 milhões

Ilson Rezende, CEO da DB1 Global Software

O ano de 2017 termina com motivos para a DB1 Global Software comemorar: nos resultados parciais até outubro, crescemos 28% em relação ao ano de 2016.

Crescemos também em número de colaboradores: um total de 25%, o que alavancou o número de projetos em 29%!

Esses números fazem parte da estratégia para 2032, com o objetivo de estarmos entre os 10 maiores grupos de TI do país. Leia mais

People Experience: Como recepcionar e encantar

Quando você visita uma cidade desconhecida, não é bom encontrar alguém que te oriente, te mostre os principais pontos turísticos, te leve a um bom restaurante e te proporcione um pouco de hospitalidade?

E quando você visita uma empresa, não é legal também ser bem recebido?

Pensando nisso, aqui na DB1, praticamos o conceito de PX (people experience – experiência das pessoas), que se origina do termo UX (user experience) muito utilizado em empresas de tecnologia para se referir à experiência que o usuário do sistema/produto terá ao utilizá-lo.

E o que é uma prática de People Experience?

Para nós da DB1, PX é proporcionar a melhor experiência possível aos nossos clientes, visitantes, fornecedores, candidatos e colaboradores quando vêm à sede da DB1, pois acreditamos que cada um é único e importante, por isso merece o nosso melhor!

Algumas formas de proporcionar essa experiência, é a realização de pequenas ações que demonstrem e gerem sentimentos de acolhimento, conforto e importância.

Quando for receber alguém em sua empresa, pense em como você pode tornar essa visita especial e agradável. O que mais você pode oferecer para encantar seu visitante? Um brinde personalizado? Um coffee break? Uma recepção no aeroporto? Um almoço em um restaurante de comidas típicas da região? São muitas as possibilidades! Vale usar a sua criatividade, sempre com bom senso, para melhorar suas práticas de recepção e tornar essa experiência única.

Cada público, uma experiência

Você também pode estabelecer padrões de atendimento para diferentes públicos, por exemplo, uma recepção com 50 pessoas e duração de 2 horas é diferente de uma recepção de 3 pessoas com duração de 5 dias. No primeiro caso, a atenção dedicada a cada um dos visitantes vai ser menor do que no segundo. Verifique também se é a primeira vez que este visitante vem à sua empresa, caso não seja, você pode e deve inovar! Pense em formas de se adaptar a cada situação e estabeleça um padrão de qualidade a ser seguido.

O importante é analisar o perfil do visitante, a quantidade de pessoas, o tempo disponível (seu e do visitante) e o seu orçamento para tornar essa prática uma experiência que vai ficar na memória do seu visitante.

Você teve uma experiência legal em alguma empresa? Algo diferenciado, que te surpreendeu? Conte pra gente nos comentários! 🙂

DB1 Global Software está entre as 45 melhores empresas para começar a carreira no Brasil

A DB1 foi classificada pela revista “Você S/A” como uma das 45 melhores empresas para se começar carreira no Brasil.  A Você S/A realiza a pesquisa há sete anos e é a única do mundo que avalia a satisfação do jovem com seu emprego.

Participando da pesquisa pela primeira vez, a DB1 ficou na 34ª colocação e obteve 77,1 pontos no IFT Jovem (Índice de Felicidade no Trabalho do Jovem). Atualmente, osjovens representam 33% dos colaboradores da empresa.

Os colaboradores ouvidos pela pesquisa se sentem valorizados pelas práticas da empresa. Um exemplo disso foi a implantação do espaço Talk, em que os funcionários podem compartilhar conhecimento de forma mais prática e informal. Todos os meses são disponibilizadas seis ou sete datas e horários no local, e quem tiver interesse de falar sobre algum assunto (pode ser um case do trabalho ou dicascomo melhorar as apresentações, por exemplo) se inscreve, aparece no dia e horário combinado e conversa, durante 15 minutos, com quem estiver por lá.

A pesquisa também destaca o pacote flexível de benefícios, implementado em 2009, que inclui de estacionamento a vale-academia. O valor e a composição são atualizados anualmente e enquadrado de acordo com o plano de cargos e salários.

A empresa também investe em projetos independentes dos funcionários, como a criação do robô Tinbot, desenvolvido por um colaborador para melhorar a eficiência dos processos, e que vem sendo produzido pela DB1 em sociedade com o inventor.

Esse reconhecimento vem se somar à classificação no ranking nacional das 150 organizações brasileiras selecionadas na lista “Melhores empresas para trabalhar – GPTW Brasil”, realizada pela Great Place to Work que avalia as organizações com as melhores práticas relacionadas a gestão de pessoas. O estudo leva em conta a avaliação do índice de confiança dos funcionários com o ambiente de trabalho e análise das melhores práticas de gestão de pessoas, entre outros quesitos.

Nos últimos anos, a DB1 vem conquistando certificações de gestão, qualidade e ambiente de trabalho. A empresa foi pioneira na região na obtenção dos padrões CMMI e MPS.BR, que atestam a aderência ao padrão internacional de qualidade de software, e possibilitou que outras 10 empresas também fossem certificadas. Maringá é hoje a segunda cidade com maior número de certificações no Brasil, perdendo somente para São Paulo capital.

Nas últimas edições do ranking do GPTW, a DB1 ficou entre as melhores empresas de TI para se trabalhar no Brasil.

“Sair de uma lista das melhores empresas de TI, passar para um ranking geral e ficar em entre as 45 melhores empresas para se começar a carreira no Brasil, mostra nosso foco na valorização das pessoas com prosperidade para todos e nossos esforços para nos tornarmos um competidor global. A visão da DB1 é estar entre os 10 maiores grupos de TI do Brasil até 2032 – temos metas muito fortes – e esse prêmio vem reconhecer que estamos na direção correta e que estamos cumprindo nosso propósito”, conta Ilson Rezende, presidente da DB1 Global Software.

“Alguns clientes nos perguntam como conseguimos contratar, ter e manter nosso alto nível de entrega. Eu costumo dizer que investimos muito em pessoas, em processos e em como trabalhar com essas novas gerações. Isso reflete em uma entrega de primeira, com alta qualidade, baixo índice de retrabalho e prazos mais curtos, além do reconhecimento como uma das melhores empresas para se trabalhar”, finaliza Rezende.

A DB1 acaba de renovar sua certificação CMMI Nível 3 e reafirma sua aderência ao padrão internacional de qualidade de software

“A DB1 foi uma das primeiras empresas do Brasil a receber a certificação CMMI, em 2010, e já utilizando metodologias ágeis, o que nos permite ter uma eficiência muito grande na entrega e na padronização de processos. Os índices de entrega de projetos estão acima de 90%, dentro do prazo, escopo e custo contratados, com índice de retrabalho inferior a 4%. A certificação CMMI referenda todo o trabalho que vimos realizando com foco na qualidade e para entregar a nossos clientes software funcionando de primeira”, conta Ilson Rezende, presidente fundador da DB1.

Leia mais