skip to Main Content

O papel de UX (User Experience) em projetos de software

Quando o termo User Experience (em português, Experiência do Usuário) foi cunhado por Don Norman, no início dos anos 90, podíamos contar nos dedos as empresas que realmente pensavam em entregar produtos alinhados às expectativas dos usuários. Por muitos e muitos anos, o que era levado em conta na hora de entregar um produto era simplesmente a capacidade de algo funcionar e ponto final. Não havia muito tempo (ou recurso) disponível para tentar entender quais eram os problemas reais dos usuários e o que eles realmente queriam. Se considerarmos que a maioria dos softwares produzidos na época eram voltados às empresas, fica ainda mais fácil de entender porque o usuário era jogado pra escanteio: o produto tinha que se adequar ao que o cliente quer, afinal, é era ele quem estava pagando. 

Entretanto, no “mundo dos usuários”, a tecnologia era vista como vilã e a “arte” de entendê-la era restrita a poucos. Isso foi, um grande problema para os usuários, que se sentiam intimidados por esse novo cenário. Isso demandava um alto tempo de treinamento e utilização do produto, o que era custoso demais para todos os envolvidos no processo: os desenvolvedores. 

Continue lendo

O que projetos de desenvolvimento de software e cervejas artesanais tem em comum?

Você pode achar que a comparação é absurda, mas sim, a produção de uma cerveja artesanal pode ser comparada a projetos de software desde a primeira etapa. E é nesse primeiro momento da contratação de uma fábrica de software que vamos focar aqui: a análise de requisitos é indispensável tanto para o software que você pretende utilizar, quanto para a cerveja que deseja degustar. Mas fique tranquilo: desenvolvedores não trabalham alcoolizados.

Vamos então criar um paralelo entre duas situações: de um lado, a necessidade de um software para uma farmácia. De outro, o desejo de uma cerveja exclusiva para uma festa de fim de ano.

Imagine então que essas são as únicas informações passadas, tanto para a fábrica de software, quanto para a cervejaria. Um tanto amplo, não? Afinal, qual o tipo de software e com quais funções? E a cerveja, qual será a família, a cor, o teor alcóolico? Servirá quantas pessoas? Esse procedimento de especificar o que precisa é a Análise de Requisitos, indispensável para uma estimativa de prazos, preços e o alcance de resultados assertivos.

Cada software e cada cerveja tem seus objetivos

Dentro dessa análise, o primeiro passo seria a definição do objetivo principal e secundário.

Por exemplo:

  • Objetivo principal: Um software para farmácia.
  • Objetivo secundário: Que tenha fluxo de caixa.

E pensando na cerveja artesanal, seriam estes:

  • Objetivo principal: Uma cerveja artesanal especialmente para uma festa.
  • Objetivo secundário: Deve ser frutada.

Você deve concordar que ainda são informações amplas, que precisam de mais detalhes para que não existam frustrações e retrabalho. Vejamos então a segunda etapa da documentação.

Continue lendo

Desenvolvimento com fábrica de software vai além do menor preço

No desenvolvimento com fábrica de software, será que contratar quem oferece o menor preço é a melhor saída? Pode ser que sim, se você não valorizar a qualidade. Mesmo que você considere que seu projeto é algo simples (que não pode ser sinônimo de mal feito), deixar de lado a experiência de qualidade significa tempo, dinheiro e trabalho perdidos.

Por isso, olhe os diferenciais! Você pode avaliar se a fábrica de software oferece valor agregado mesmo antes de fechar negócio. Veja abaixo o que esperar de uma fábrica e como você pode contribuir para que o projeto seja um sucesso!

Aderência ao negócio

Se a fábrica de software não sabe o que o cliente espera do produto, o resultado tende a ser catastrófico.

Veja se a fábrica propõe visitas e se disponibiliza a fazer as reuniões necessárias para entender sua empresa, suas necessidades e a finalidade do software.

Entender a expectativa e mostrar a realidade

O que é possível e o que não é possível? Qualidade não é discutível em nenhuma hipótese, uma fábrica profissional não aceita práticas duvidosas que comprometam a entrega e a verdadeira solução do problema.

O desenvolvimento com fábrica de software precisa ser transparente e pontuar situações de risco.  Você gostaria de ser avisado antes de algo dar errado, não é? Então procure sempre uma fábrica que exponha todos os cenários e saiba medir riscos com antecedência. Isso é questão de confiança, credibilidade e segurança!

Exemplos de risco: volumetria e escalabilidade

A volumetria se refere ao número de informações dentro do sistema, e a escalabilidade mostra o quanto esse software pode crescer.

Imagine um prédio de 5 andares. A volumetria seria a avaliação de quantas pessoas esse prédio comporta. A escalabilidade observaria se a arquitetura aguenta crescer mais 5 andares. Ambas as informações impedem que medidas imprudentes sejam tomadas, prevenindo riscos.

Continue lendo

Omni Soluções Financeiras e a desburocratização por meio da plataforma mobile

O processo para concessão de crédito de veículos costuma ser bastante trabalhoso. Com a esperada recuperação na venda de veículos que vem sendo registrada nos últimos meses, a ANEF (Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras) estima que deverão ser liberados R$ 90,6 bilhões para o financiamento de veículos.

Facilitando o progresso

Com o segmento em ebulição, a Omni Soluções Financeiras revolucionou todo o processo de análise de crédito e anuncia a plataforma mobile e desktop Omni+, desenvolvida pela DB1 Global Software, que deverá beneficiar mais de 222 mil pessoas na cadeia, entre lojistas, agentes de crédito e consumidores. A mudança foi impulsionada pelo desejo de colocar o benefício aos clientes no centro do processo.

Como o Omni+ funciona

O APP Omni+ realiza a análise do crédito e simula as condições de financiamento de um veículo em poucos minutos, a partir do preenchimento de uma ficha de dados na tela de um smartphone, tablet ou computador. Também é possível ajustar as condições da compra às possibilidades do cliente em tempo real, com simples toques na tela.

O Omni +, primeira plataforma mobile e desktop da Omni Soluções Financeiras, proporciona os seguintes benefícios:

Continue lendo

Quanto vai custar e quando vai ficar pronto meu sistema?

Atualmente trabalho como Gerente de Projetos aqui na DB1 Global Software e gostaria de falar um pouco sobre uma situação que ocorre no meu dia a dia, pois penso que pode ajudar muitas pessoas. A situação é a seguinte:

A dificuldade do cliente em detalhar o que precisa

Quando um cliente necessita de uma solução sistêmica para resolver um determinado problema, um dos pontos que ele pensa é: “Quem vai me ajudar no desenvolvimento dessa solução? ”. Se ele possui uma equipe de TI interna e disponível, naturalmente repassará tal demanda para esse time. Caso contrário, ele vai ao mercado para contratar uma empresa de software para ajudá-lo e aí que mora o grande problema. Muitas vezes, o cliente não sabe como pedir/solicitar essa contratação e no geral, o instinto é enviar um documento “pobre/macro” a várias fábricas, pedir um orçamento de custo e prazo, e fazer uma comparação simplista para eleger qual empresa irá executar a demanda.

O que a fábrica deve fazer

Baseado nessa situação cotidiana, qual deve ser a postura de uma fábrica de software responsável? Ler o documento, fazer uma reunião de 10 minutos com o cliente e estimar por ordem de grandeza e enviar ao cliente? Sinceramente, não vejo que seja o melhor caminho. Pode até funcionar para sistemas pequenos, mas ainda assim não acho uma boa ideia. E por quê?

Continue lendo

Parceria com a FPP proporcionou primeiro projeto global à DB1

A parceria entre a DB1 e a FPP nasceu em 2015 com o intuito de desenvolver uma ferramenta de feiras virtuais para estudantes que procuram estudar em outros países. A FPP é líder mundial nesse segmento e trabalha criando um vínculo entre os estudantes que procuram fazer qualquer curso de interesse no exterior, desde idioma até bacharelado, e as instituições que prestam esse tipo de serviço. “É bastante interessante essa parceria que a DB1 tem com a FPP porque a gente acaba aprendendo bastante coisa com eles. Eles têm uma veia bem voltada à inovação e à tecnologia e esse é um dos motivos principais de serem os líderes mundiais no mercado” pontua Tiago Hlatki, gerente de projetos DB1 IT Services.

Continue lendo

Por que contratar uma empresa de desenvolvimento de software?

É comum em uma empresa que exista a dúvida: devo contratar uma empresa para desenvolver um software ou montar um time interno? Fato é, se a sua empresa não tiver experiência com desenvolvimento de software pode ser muito frustrante escolher a segunda opção. É preciso muito engajamento para que o projeto de um novo sistema saia do papel.

Continue lendo
Back To Top